Umuarama

APÓS A PREFEITURA LIMPAR, LAGO ARATIMBÓ SEGUE ASSOREADO

 

No final do ano de 2017 a prefeitura de Umuarama contratou 500 h/máquina de escavadeira e 3 mil viagens de caminhão para transportar resíduo ao custo de R$ 399 mil para desassorear o Lago Aratimbó. No entanto, o lago que agoniza em meio a poluição gerada pela população, segue assoreado.

 

Depois de três meses finalizado o desassoreameno o Lago insiste em manter vários bancos de areia em seu curso, e como conseqüência retém em suas margens uma grande quantidade de lixo.

 

 

Ponte

A passarela do Lago desde a sua conclusão em 2016, não teve manutenção adequada em sua estrutura para manter a segurança da população que transita naquele local. Devido a degradação dos palanques que segura a estrutura de madeira, os palanques  apresentam uma forte inclinação para o interior da passarela, trazendo um certo risco para quem faz a travessia.

 

Prefeitura

Segundo a secretaria de comunicação social da prefeitura de Umuarama, o desassoreamento foi um serviço paliativo, e que o setor de obras tem estudos em andamento para construir um duto, desviando toda água pluvial do curso do Lago. Com essa obra, a prefeitura prevê que poderá  acabar definitivamente com o assoreameto do cartão postal da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *