Home » cidade » Time de basquete em cadeira de rodas de Umuarama se prepara para final do Paranaense

Time de basquete em cadeira de rodas de Umuarama se prepara para final do Paranaense

Redação – 30 de setembro de 2019 – 17:42

TIGRES EM MARILÂNDIA DO SUL

Nosso atleta carioca: Douglas, um dos contratados da Unipar, vem do Rio de Janeiro para defender o Tigres

 

Um investimento que coloca Umuarama no rol dos municípios que priorizam a inclusão social sem dúvida é o time de basquete em cadeira de rodas. O Tigres é fruto de uma parceria importante, entre prefeitura, Adefiu (Associação dos Deficientes Físicos de Umuarama) e Universidade Paranaense, que é a principal patrocinadora. Dos paratletas que formam o time – de Umuarama e de cidades da região e de outros estados, como do Rio de Janeiro, Piauí, Alagoas e Minas Gerais – quase todos são contratados pela Unipar em regime de CLT. São doze recebendo salário e todos os benefícios que as leis trabalhistas garantem. Além disso, a Unipar cede as quadras e laboratórios para treinos, paga parte das despesas de viagem para jogos e banca o auxiliar técnico, professor Marco Suguimati. O projeto está ligado ao curso de graduação em Educação Física. “Ao apoiarmos financeiramente o time sinto que aderimos a uma causa nobre”, diz o Reitor Carlos Eduardo Garcia. “Temos um time de aguerridos atletas que nos dão lição de vida enquanto usufruem dos benefícios do esporte adaptado: eles ganham saúde, força, agilidade e o incentivo da plateia, que é ótimo para a autoestima”, salienta. Além de projetar o nome da cidade e da Unipar, o time beneficia muitos paratletas, que veem no esporte a oportunidade de reabilitar e/ou manter a saúde física e mental, jogando, viajando e interagindo com as torcidas. Neste ano, foram várias disputas. As próximas acontecem no próximo final de semana. De 4 a 6 de outubro os times de basquete em cadeira de rodas do Estado se encontram em Marilândia do Sul, para a etapa final do Campeonato Paranaense de Basquete em Cadeira de Rodas. O Tigres vai confiante, assim como foi no Parajaps e na Copa Patos/MG; em ambos foi campeão. Para o técnico Itamar Júnior, contratado pela prefeitura, a chegada à final deve ser comemorada. “É uma posição conquistada com muito esforço e treino”, justifica. E diz estar com boas expectativas para 2020: “Temos planos para fortalecer ainda mais a equipe e fazê-la crescer, buscando campeonatos em outros estados”.

Equipe cresce e aparece

Atletas se mostram satisfeitos com as perspectivas do time. Maciel Borges, cestinha da última competição em Minas Gerais, conta que entrou para a equipe pela oportunidade de evoluir no esporte: “Fui muito bem recebido pelos colegas e me adaptei rapidamente ao estilo de jogo”. Diz que escolheu o Tigres pela afinidade que sentiu: “Eu me animo vendo que a equipe de Umuarama está num bom ritmo de crescimento”. O atleta carioca Douglas Meneses também diz estar confiante no time, mas afirma que não é fácil: “A preparação e treinos são intensos, é sempre uma luta, mas é muito gratificante ver que estamos cada vez mais preparados e motivados para vencer”.

[ss_social_share align=”left” shape=”rounded” size=”small” labels=”label” spacing=”1″ hide_on_mobile=”0″ total=”0″ all_networks=”1″]

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos marcados são obrigatórios *

*