Região Metropolitana

VEREADORES DA CÂMARA DE CRUZEIRO DO OESTE AFASTA PREFEITO BETO SOBRINHO

Com a Câmara Municipal de Cruzeiro do Oeste lotada, os vereadores votaram em sessão extraordinária, o requerimento do vereador Aparecido Delfino dos Santos (PT), que tem como objetivo pedir o afastamento do prefeito Beto Sobrinho (PSC) por 180 dias do cargo. No requerimento Cidinho menciona seis irregularidades que o prefeito supostamente teria cometido durante sua gestão.

Durante a sessão a população contra e a favor ao requerimento, acompanhavam atentamente a leitura do requerimento com 25 páginas que durou aproximadamente 30 minutos. Houve um inicio de tumulto, mas a policia militar que estava presente, controlou sem maiores problemas.

Votação – Dos oito vereadores aptos para votação, seis votaram a favor do requerimento e dois contra. Com o requerimento aprovado, será formada uma comissão de investigação com três vereadores, que irão apurar as denúncias contidas no requerimento, e o prefeito Beto será afastado temporariamente por 180 dias, durante esse período o prefeito poderá fazer sua defesa.

Vereadora Rosy Anne Bertoco – PDT

A vereadora Rosy Anne Bertoco, explica qual é o objetivo do requerimento apresentado aos vereadores, “O objetivo dessa noite, é apurar possíveis irregularidades. Nós aqui enquanto moradores de Cruzeiro do Oeste, nós estamos sofrendo na pele a situação que está passando nosso município. A escassez de merenda escolar, os atrazos ao aportes, ao fundo de previdência e os gastos excessivos com publicidades, auto peças. Gastos assim que, não tem visto sendo empregado em nosso município. E acaba que a população padeça. ”, ela fala ainda, o porque se absteve da votação. “Eu até poderia votar no caso, mas meu desejo foi abster o voto até porque minha mãe é a vice-prefeita. Então não acho legal, que pessoas futuramente pensem que eu estou votando a favor ou não, pelo interesse que minha mãe assuma.” disse Bertocco.   

Vereador Percival Pretti – PSD

Já o vereador Percival Preti explicou que a votação do requerimento é o exercício da democracia e do estado de direito. Ele também fala que a administração da vice-prefeita ficará engessada, já que ele ficará somente 180 dias, e ressalta, que a população de Cruzeiro do Oeste será a maior prejudicada com esse processo de transição. “A vice assume, mais com o freio de mão puxado, porque ela pode ficar 180 dias ou não. Mais a principio você terá andar em ovos, e não é o melhor cenário do mundo para quem assume uma administração.”, disse.

Prefeito – Em contato com a prefeitura, foi informado que há várias irregularidades na votação do requerimento, e que nos próximos dias o prefeito irá entrar com um mandado de segurança para reverter a decisão do legislativo.

O prefeito será notificado da decisão do plenário, e em seguida será dada a posse a vice-prefeita Helena Bertoco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *